10 Primeiros Passos

Autor: Marco Lauzi (844287), ex-supervisor Vatsim

Futuro comandante da Vatsim Brasil,

Você está prestes a iniciar uma grande carreira dentro da aviação virtual junto com os melhores. Para que isso se concretize são necessárias algumas observações iniciais. Logo abaixo estão os 10 primeiros passos que um novo piloto deve saber, coisas básicas, simples, porém FUNDAMENTAIS. Leia com carinho e você, com certeza, se sentirá muito mais seguro para iniciar seus voos. Mais uma vez, seja muito bem-vindo à essa tão experiente família. APROVEITE e nos vemos nesses céus virtuais.

1 - Conheça e respeite o Código de Conduta e o Acordo de Utilização da Vatsim

É muito importante que você leia os poucos tópicos que regem o comportamento dos usuários na rede. Afinal, você não vai querer que estraguem seu prazer de voar, nem tampouco vai querer interferir no lazer dos demais, não é? Você vai ver que existem algumas regras básicas que você sequer imaginava mas que são muito importantes para que o direito de diversão de todos seja assegurado.

  • Leia o Acordo de Utilização
  • Leia o Código de Conduta

2 - Saber operar a aeronave que está usando para o vôo on line

Você acabou de instalar um novo 747-400. Que tal fazer o vôo inaugural na Vatsim?

Péssima idéia! É fundamental que você saiba operar sua aeronave antes de voar on line. Nunca voe conectado com um equipamento que você não conhece. Aprenda como operá-lo, como navegar, onde ficam os instrumentos, e só então use-o para voar on line.

3 - Sempre conecte fora das cabeceiras e em modo standby

Agora que você já sabe como se comportar na rede, chegou a hora de conectar. Mas fique atento, pois existe uma regra muito importante: NUNCA se conecte em uma cabeceira ou no meio de uma pista, pois podem haver aeronaves pousando ou decolando e você causaria um acidente.

É muito fácil evitar problemas: Antes de conectar, vá no menu "World" -> "Go to Airport" de seu Flight Simulator. Alí você pode escolher o aeroporto onde quer entrar, e também (e muito importante) a posição neste aeroporto. O último item embaixo à esquerda (Runway / Starting position) permite que você escolha um gate ou terminal.

Escolha o que desejar, MENOS uma das cabeceiras das pistas.

Está feito. Falta apenas um detalhe antes que você possa se conectar: certifique-se que o transponder está em modo Standby. Isto é feito no cliente (SquawkBox ou FSInn). Nunca conecte ou mantenha o modo C acionado enquanto estiver no solo ou não tiver sido instruído pelo controle a fazê-lo.

4 - Verifique se existe controle on line no setor e sintonize sua freqüência

Uma vez conectado, é necessário saber se existe controlador on line na região em que você está. Lembre-se que pelo código de conduta da Vatsim, é de responsabilidade do piloto verificar regularmente se existe um ATC on line. Não fique aguardando o controle chamá-lo pedindo para fazer contato. Sugiro que antes de cada etapa do vôo (push, táxi, alinhamento e decolagem, entrada no espaço aéreo de uma TMA, início de descida, etc) o piloto verifique se algum ATC conectou. Se houver ATC on line, não é permitido que você se movimente no aeródromo sem prévia autorização. Fique sempre atento.

Basta verificar na lista de ATC's (lista de controladores on line próximos a você) do cliente que estiver usando (SquawkBox ou FSInn). Se houver um, aparecerá o callsign (RIO_APP por exemplo) e a freqüência do controle (119.00 por exemplo).

Sintonize a Comm 1 do rádio de sua aeronave nesta freqüência... pronto. Você já pode falar com o controle (por voice ou texto). Basta escrever na aba Comm 1 ou simplesmente apertar a tecla Ctrl Direita e falar pelo microfone com o controle.

5 - Use a freqüência de coordenação se não houver controle on-line

Algumas vezes você vai se conectar e verificar que não existe controlador na sua área. Nestes casos, sintonize a freqüência 123.45 na Comm 1 de sua aeronave. Nesta frequência os pilotos coordenam suas intenções entre si de forma a evitar conflitos ou acidentes. Se houver tráfego nas imediações, informe pela freqüência de coordenação que está iniciando o táxi, decolando, na final ou livrando a pista de um determinado aeroporto.

6 - Envie sempre o plano de vôo, mesmo que não haja controle on-line

Esta etapa é muito importante. Mesmo que não haja controlador, você deve enviar seu plano de vôo para a rede antes de decolar.

Os itens importantes do plano e que devem ser obrigatoriamente informados são: Tipo de vôo IFR (instrumentos) ou VFR (visual), Origem (SBGR por exemplo), Destino (SBGL por exemplo), Nível de vôo (280 para 28000 pés por exemplo), e Aerovia, (UW63 por exemplo).

Existem outros itens importantes, como aeródromo alternativo, horário previsto e tempo de vôo. É importante que sejam preenchidos, e não vão tomar mais de 2 minutos de seu tempo.

7 - Para vôos IFR, utilize os VORs, radiais e NDBs

O vôo por instrumentos prevê o uso (como o nome diz) de instrumentos de navegação para localização da aeronave. Os instrumentos básicos são o VOR e o NDB. Saber lidar com estes dois auxílios é fundamental para o vôo IFR on line. O GPS não é um instrumento de navegação utilizado em vôos IFR.

Para utilizar um VOR, basta sintonizar a freqüência no NAV 1 de sua aeronave e os NDB´s são sintonizados no ADF de sua aeronave. Uma vez sintonizados, as agulhas do VOR e do NDB apontarão para o respectivo VOR ou NDB.

No caso dos VOR´s, utilizam-se ainda as radiais, que são linhas que saem do VOR em todas as direções (360 graus). As aerovias são sempre radiais de um determinado VOR (por exemplo, a UW64 do Rio para São Paulo é a radial 274 do VOR Aldeia - freq 112.10). Selecionar uma radial é muito fácil: o painel de sua aeronave possui um botão “COURSE” que varia de 000 a 359). Basta escolher uma radial (274 por exemplo) depois de ter sintonizado o VOR. A radial vai aparecer no HUD de sua aeronave.

8 - Selecione o código do transponder que o controlador passou

Durante a aprovação do plano de vôo, o controlador vai lhe fornecer um código de transponder, que é único para cada aeronave na terminal. É fundamental que você insira este código corretamente ou o controlador não terá informações de seu vôo.

Basta entrar o código fornecido (4610 por exemplo) no transponder de sua aeronave. A localização varia para cada modelo, mas normalmente está no painel de rádios.

Além de inserir o código, lembre-se sempre que no solo deve manter seu transponder em standby (isso é feito no SquawkBox ou FSInn). O modo C só é acionado no momento da decolagem, ou caso solicitado pelo controlador por alguma razão.

Da mesma forma após o pouso, lembre-se sempre de voltar para modo standby ao livrar a pista. Permanecer em modo C no solo atrapalha o controlador.

9 - Sempre coteje as instruções e as siga o mais rápido possível

Cotejar uma informação é simplesmente repetir para o controlador a instrução que ele passou.

Se um controle diz por exemplo: "GOL1204, curve à direita proa 125..." você deve imediatamente responder “GOL1204 curvando à direita na proa 125." Com isso o controlador sabe que você entendeu a instrução e vai segui-la à risca.

Mas imagine que existam muitas aeronaves falando com o controle e você está esperando sua vez para poder cotejar. O que fazer? Cumpra a instrução primeiro enquanto aguarda a chance de cotejar. Não fique esperando para cotejar primeiro e agir depois. Pode ser tarde demais...

10 - Cumpra as etapas de autorização no solo antes de decolar

Se houver controle on line, existem algumas etapas básicas que devem ser seguidas antes de sua movimentação no pátio e posterior decolagem:

  • Solicitar aprovação do plano de vôo;
  • Cotejar as aprovação e inserir o código transponder fornecido;
  • Solicitar autorização para push back;
  • Solicitar autorização para táxi;
  • Informar que está no Ponto de Espera da pista e aguardar autorização para decolagem.

 

VATSIM BRASIL ALL ARE WELCOME We invite all controllers of Vatsim, who want to control as a visitor in Brazil, come to know... https://t.co/grEmoqd9dL